Barco Sorriso leva doações para povos ribeirinhos no Paraná

Cerca de 350 cestas básicas e mais de mil kits de higiene foram entregues às famílias que vivem na Baía de Guaraqueçaba, no Paraná

A ação é uma iniciativa do Barco Sorriso, um instituto 100% voluntário. Chamada de Amor a Bordo, a campanha foi realizada no último fim de semana com a intenção de ajudar as comunidades ribeirinhas. Por causa do isolamento social, o acesso a alimentos e itens de higiene diminuiu e muitas famílias estão precisando desses recursos. Além disso, muitos moradores das ilhas chegam a fazer viagens de três horas de barco para chegar à região central.

O projeto oferece assistência odontológica, médica e educacional gratuita para os povos ribeirinhos do estado. Em quase sete anos de atuação, cerca de duas mil pessoas já receberam atendimento e mais de cinco mil kits de higiene bucal já foram entregues.

De acordo com Lorayne Claudino, fundadora do Instituto Barco Sorriso, o projeto surgiu a partir de uma experiência pessoal. Foi durante um encontro com crianças em uma comunidade isolada no litoral paranaense.

“Foi uma ação voluntária que eu participei, levando doces e brinquedos para o Dia das Crianças nas comunidades. Chegando lá, eu vi muitos pequenos com os dentinhos pretos, reclamando de dor para comer e até para beber água. Isso apertou demais o coração. Então voltei para Curitiba determinada a ajudar e encontrei pessoas maravilhosas que contribuíram para construir o instituto que temos hoje”.

Apoio na pandemia
Neste ano, as ações foram suspensas por tempo indeterminado por causa da Covid-19. Em um cenário de isolamento social, os ribeirinhos foram diretamente afetados com a falta de acesso a alimentos e também da assistência odontológica que recebiam da instituição. Pensando nisso, o Barco Sorriso lançou a campanha Amor a Bordo para arrecadar doações de cestas básicas e ajudar as comunidades isoladas.

Para entregar os recursos e preservar a saúde das famílias e dos voluntários, o instituto fez algumas adaptações durante a ação. Dessa forma, a equipe estava reduzida e passou por testagem para Covid-19 antes de fazer as entregas. Além disso, a higienização constante das mãos e o uso de máscaras também foram indispensáveis.

Doações
Para apoiar a iniciativa e contribuir com a segurança de todos, mil máscaras de proteção foram doadas à campanha pela empresa paranaense de soluções odontológicas, Neodent. O item que se tornou obrigatório durante a pandemia foi incluído nos kits de higiene bucal entregues. “Nós já conhecíamos o trabalho inspirador do Barco Sorriso e quando soubemos da necessidade de doações, não tivemos dúvidas em participar. Vivemos um momento de união e apoio”, comenta Matthias Schupp, CEO da Neodent.

Assim como essa, o Instituto Barco Sorriso recebe todos os tipos de doações. Entre as possibilidades, as contribuições podem ser feitas em dinheiro, para pagar os barcos e combustível até as comunidades. O Instituto também recebe alimentos, para montar as cestas básicas, e até mesmo o tempo destinado ao projeto pelos voluntários é bem-vindo.

“O voluntariado em si é maravilhoso. A parte mais emocionante, sem dúvida nenhuma, é ver as crianças com um sorriso saudável, comendo sem sentir dor. Isso não tem preço. Ver a felicidade dos idosos sorrindo com suas próteses também é simplesmente incrível”, diz Lorayne.

Os interessados em doar ou participar do projeto podem acessar o site https://www.barcosorriso.com.br  para mais informações.

Fonte: Tudo já existe.